Marajoara



Um toque do cerrado na sua Páscoa

27/03/2021 - Notícias

Aprenda a fazer um brigadeiro diferente com a castanha de baru, um fruto típico do cerrado que vem conquistando cada vez mais mais espaço na culinária brasileira.

Apesar de ser ainda pouco difundido na culinária brasileira, o baru, fruto típico do cerrado goiano, aos poucos vem caindo nas graças dos chefs de grandes e sofisticados restaurantes. O fruto oferece uma castanha comestível, que tem sabor menos acentuado que o do amendoim, e pode ser consumida de diversas formas, torrada como aperitivo, triturada ou em forma de farinha.

Apesar de ser mais apreciado em pratos salgados, o ingrediente também participa de receitas doces, como cookies e brigadeiro de barú, uma sugestão para esses tempos de Páscoa. A dica é da chef e confeiteira Adriana Gomes que, em parceria com a marca Marajoara Laticínios, acaba de lançar um E-book gratuito com várias receitas que podem virar uma renda extra nesta época.

“A ideia de usar o baru no brigadeiro é fugir um pouco do trivial na hora de rechear os ovos de páscoa, que quase sempre levam chocolate, leite em pó, creme de avelã, geleia de frutas e outros tipos de recheios”, afirma a chef.

O QUE É O BARU?

O baru é uma oleaginosa que tem propriedades antioxidantes, é rica em vitamina E, zinco, ferro, potássio, cálcio, fósforo, magnésio e ácidos graxos. Junto com a proteína do leite e o cacau em pó, que fazem parte da receita do brigadeiro de baru, a receita proporciona a união do sabor com a nutrição.

“O cacau é um alimento rico em vitamina C e E, e em minerais, como cálcio, fósforo, ferro e potássio, além de conter boas quantidades de fibras. Junto com a proteína do leite e a castanha do baru dá uma boa e saudável dose de energia”, revela a chef Adriana.

QUE TAL UMA RECEITA COM O TOQUE DO CERRADO?

Então confira no vídeo a seguir, com o humorista e youtuber, Jacques Vanier, considerado um embaixador da cultura de Goiás, estado rico em baru, sobre como preparar um Ovo de Páscoa de colher recheado com Brigadeiro de Barú.